FIM DA OBRIGATORIEDADE DE AULAS EM SIMULADOR PARA TIRAR CNH

O que era uma promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro, finalmente se tornou realidade. O Conselho Nacional de Trânsito, o Contran, acabou com a obrigatoriedade de prova em um simulador de direção para tirar Carteira Nacional de Habilitação, que só servia para tirar dinheiro do povo
A medida começa a vigorar em 90 dias e, segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, os custo para tirar a CNH devem diminuir até 15%.
Até então, pela regra, criada pelo governo petista, o novo motorista tinha que fazer 25 horas de aula de direção, sendo 5 delas no simulador da autoescola.
Agora, com fim da obrigatoriedade, que não servia para nada, a não ser meter a mão no bolso da população,  a quantidade de horas-aula obrigatórias cairá de 25 para 20 horas.
O simulador, no entanto, não será extinto. Ele vai ser opcional, para alívio de quem comprou esse equipamento.
O aluno que quiser, poderá fazer até 5 horas-aula no equipamento e, nesse caso, fica obrigado a fazer pelo menos 15 horas de aula prática no veículo.

JOAQUIM LEVY PEDIU DEMISSÃO DO BNDES

O ex-ministro da Fazenda de Lula, Dilma e Temer, Joaquim Levy pediu demissão do BNDES, no governo do presidente Jair Bolsonaro, onde vinha fazendo uma recuperação de créditos, mas, achou resistência com os ruralistas que fizeram 3 acordos e não cumpriram, além de não abrir a caixa-preta do BNDES, que é uma exigência do presidente Bolsonaro.
Segundo se comenta, quando o banco através do jurídico, foi acionado, houve a intervenção do Palácio do Planalto, ai Joaquim Levy, viu que não dava mais para ele e pediu demissão.

 

 

HUMBERTO DIZ QUE ALIANÇA PERMANECE MESMO COM MARÍLIA ARRAES

Em entrevista sem muita novidade, o senador e líder do PT, Humberto Costa, diz que para ele a aliança entre o PT e PSB continua firme e forte, e sem novidade. Ele acha que não pode, é o PT um partido grande não ter candidato.
Sobre a aliança com o PDT, ele acho difícil por conta das criticas feitas pelo eterno candidato Ciro Gomes, anda fazendo contra o PT e o seu líder máximo e hoje preso Lula. E completou dizendo que, o PT, está aberto para aliança. Onde fica mais difícil ainda.

HOSPITAIS FILANTRÓPICOS TERÃO CRÉDITO DE 1 BILHÃO DE REAIS

Ontem o Governo anunciou que hospitais filantrópicos que atendem pelo SUS vão ter linha de crédito de 1 Bilhão de reais. Os recursos,  beneficiam cerca de duas mil unidades do setor.
O dinheiro vai auxiliar na organização das finanças e permitir a ampliação do atendimento, comemora Edson Rogatti, presidente da Confederação das Santas Casas e hospitais filantrópicos.
O financiamento pode ser feito diretamente pelos hospitais, por meio de agentes financeiros ou por intermédio do BNDES, com parte dos recursos liberados pelo banco estatal e parte pelo banco repassador.

 

 

CCJ DO SENADO É CONTRA DECRETO DE ARMAS

Decreto do presidente Bolsonaro, que atende os anseios do povo, confirmados no plebiscito de 2005, onde facilita o porte de armas é derrubado no Senado.
Ontem, sem nenhuma surpresa e como já era esperado a Comissão de Constituição e Justiça votou, projetos que anulam a medida, assinada em maio pelo presidente Bolsonaro, com base em preceito constitucional.
A Constituição Federal permite que o Congresso barre um decreto presidencial que ultrapasse o poder de tratar questão exclusiva do Legislativo.
Decisão segue para o plenário do Senado e da Câmara, onde a coisa muda de figura.
Por 15 votos a favor – e nove contra – os senadores rejeitaram a medida que libera o porte de armas para 19 categorias, entre elas, políticos, caminhoneiros e moradores de área rural.
A CCJ votou relatório do senador Marcos do Val (Cidadania-ES), que defendia a medida presidencial, considerada legal e eficaz para a segurança pública.Os nobres senadores, bem que poderiam atender o pedido da maioria da população e pensar menos no próprio umbigo. População de bem desarmada é presa fácil para a bandidagem armada até os dentes.

 

 

BRASIL REGISTRA QUEDA EM ASSASSINATOS, EM 2019

Um levantamento foi feito pelo portal G1 da Globo, em parceria com a USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, aponta que mais de 14 mil pessoas foram assassinadas, em todo o País, entre janeiro e abril.
E mesmo com este alto número de assassinatos representa queda de 23 por cento, em comparação com as mais de 18 mil mortes registradas em 2018.
A pesquisa leva em conta homicídio doloso, ou seja, com intenção de matar; latrocínio (roubo seguido de morte) e o óbito que acontece por conta de algum tipo de agressão.
A maior queda no número de assassinatos, de 53 por cento, foi registrada no Ceará, que viveu recentemente uma crise, na segurança pública.
Essa queda pode ser atribuída ao decreto das armas, onde a bandidagem já começou a pensar duas vezes antes de agir, sabendo que pode ter volta.

 

 

 

 

 

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

O relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), quer manter em 15 anos tempo mínimo de contribuição para a mulher.
A afirmação do líder do MDB na Câmara, Baleia Rossi antecipa um dos pontos do relatório, que será apresentado hoje.
A proposta do governo previa aumento do tempo limite para 20 anos, tempo igual ao do homem.
Já a idade mínima para aposentadoria deve ser respaldada pelo relator conforme o texto do governo: 62 anos para mulher e 65 para o homem.
Na modalidade atual, também é possível se aposentar por tempo de contribuição (30 anos para mulher e 35 para o homem) sem necessidade de atingir limite de idade, que pode acabar se o texto proposto pelo governo for aprovado.

CAMINHADA DO FORRÓ NO BAIRRO DO RECIFE

O São João da Paz 2019 valoriza os artistas do estado e a tradição. Hoje, como parte integrante do Ciclo Junino apoiado pela Prefeitura do Recife, as ruas do Bairro do Recife serão tomadas pelo alegre encontro da sanfona, zabumba e triângulo. A 15a Caminhada do Forró transforma o coração da capital em um grande arraial gigante.
Este ano o evento homenageia a figura do sanfoneiro – ícone da música nordestina. A concentração começa às 17h, na Rua da Moeda, com muita música para ir esquentando os corações forrozeiros. Às 19h, o grupo de sanfoneiros inicia o cortejo.
A famosa Frevioca – uma das marcas do Carnaval do Recife – muda a fantasia, transforma-se em Forrovioca e segue tocando grandes clássicos dos mestres Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro e Dominguinhos, nossa tradição junina, com o auxílio vocal do cantor Edi Carlos.

 

PRESIDENTE DA FUNAI É DEMITIDO POR RURALISTA

O presidente da Funai (Fundação Nacional do Índio) , Franklimberg Ribeiro de Freitas, foi demitido do cargo ontem, por determinação da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves . Na semana passada, após encontro a portas fechadas com o ministro da Justiça, Sergio Moro, Franklimberg chegou a dizer que ficaria no cargo . A informação da demissão foi adiantada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” e confirmada pelo GLOBO. O general foi demitido depois de colocar para fora de sua sala, o presidente da Associação Ruralista do Pará, depois de exigir que as fiscalizações feitas pelo órgão fossem imediatamente suspensas sob pena de demiti-lo do cargo. O general Franklimberg, argumentou que cuidaria do problema, e neste momento o ruralista se levantou e disse uma série de impropérios ao general, que o pegou pelo braço e o colocou para fora de sua sala. O cidadão disse que ele estaria demitido.
O general soube de sua demissão logo após o episódio, por ordem expressa do presidente Bolsonaro, conforme apurado por este Blog. Franklimberg, foi informando que sua exoneração será publicada hoje (quarta-feira, 12), no Diário Oficial da União. É o Brasil, fazer o quê?

 

 

PREFEITO LUCIANO DUQUE ADERE AO PROGRAMA DE ALFABETIZAÇÃO DO GOVERNO PAULO CÂMARA

Ontem foi lançado no Centro de Convenções o maior programa de alfabetização dos últimos 60 anos, que vai abranger todas as prefeituras  do estado. Com ele o governo de Pernambuco, vai ajudar os municípios com recursos para serem usados na alfabetização da primeira infância. Quem aderiu ao projeto foi o prefeito de Serra Talhada Luciano Duque, para ele o projeto é a redenção da educação.