JULGAMENTO DE RECURSO DE LULA TEM ATÉ PLANO DE SEGURANÇA

Devido as ameaças antidemocráticas dos asseclas do já condenado Lula, as forças de segurança do Rio Grande do Sul e do governo federal, em Brasília, já têm um plano de segurança para impedir atos de violência nas manifestações previstas para o dia 24, em Porto Alegre, quando o TRF-4 julgará recurso de Lula contra a condenação do juiz Sergio Moro no processo do tríplex do Guarujá. Um gabinete de crise foi montado com a participação da Brigada Militar, a Polícia Rodoviária Federal, e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que já monitora a preparação para os atos. E só para lembrar, que quem paga a conta por este circo todo somos nós.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POSTS RELACIONADOS