GERALDO JULIO É ALVO DE ATAQUES NO ÚNICO DEBATE EM RECIFE

No único debate em que os candidatos à prefeitura de Recife, aceitaram realizar aconteceu na noite de ontem na TV Globo, e como já era esperado o sarrafo comeu em cima do prefeito Geraldo Julio (PSB), que tenta a reeleição, sofrendo ataques dos concorrentes: João Paulo (PT), Daniel Coelho (PSDB) e Priscila Krause (DEM), resultou em um debate quente. No início Geraldo Julio (PSB) atacou João Paulo do PT, com um dos lemas de sua campanha: de que em 12 anos em que o PT ficou no comando da prefeitura, não conseguiu realizar o que ele, em três anos e meio, fez. Geraldo Júlio tem, segundo a pesquisa Ibope divulgada ontem, 40% das intenções de voto, contra 26% de João Paulo. Coelho pontua 17% das intenções e Priscila, 3%, e no domingo vamos ver o resultado.

debate-globo

TSE ENCONTRA QUASE R$ 300 MILHÕES EM DOAÇÕES SUSPEITAS NO PLEITO DE 2016

Levantamento divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ontem, identificou quase R$ 300 milhões de doações consideradas suspeitas para o pleito de 2016. Os repasses foram feitos, por exemplo, por desempregados e beneficiários do Bolsa Família.
Conforme os dados, foram identificados 23.844 doadores sem renda compatível com o valor doado. Nesse caso, as doações somaram cerca de R$ 227,4 milhões. Foram identificados também 22.367 casos de doação de beneficiários do Bolsa Família, somando mais de R$ 21,13 milhões. E para completar ainda foram registradas também doações de 46.694 desempregados, que superaram o valor de R$ 51,96 milhões. Isso é que é golpe.

bolsa-voto

GOVERNO MUDA REGRAS PARA FINANCIAMENTO DE IMÓVEIS NOVOS

O governo mudou regras para incentivar a venda de apartamentos mais caros. O Conselho Monetário Nacional (CMN) permitiu que bancos possam abater das suas obrigações de depósitos compulsórios de recursos da poupança junto ao Banco Central os financiamentos de imóveis avaliados em até R$ 1,5 milhão. Isso pode baratear novos empréstimos daqui para frente e liberar mais recursos para esses financiamentos. A medida vale por um ano.

bolha-imobiliaria

MEIRELLES DESCARTA AUMENTO DE IMPOSTOS EM 2016

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, tirou por menos a queda da arrecadação de agosto e disse que o resultado “era previsto”. Segundo ele, a reversão desta curva só ocorrerá depois de o PIB voltar a crescer. Indagado sobre a necessidade de aumentar os impostos para auxiliar na alta da arrecadação, ele garantiu que neste ano não haverá incremento, mas não descartou a elevação de tributos em 2017. O resultado era previsto não só por ele, mas, por todos, com o desemprego absurdo que temos, indústria parada e comércio fechando, não poderia ter outro resultado. Quanto ao aumento é lógico que só vem em 2017, já que estamos em meses de eleição e fim de ano chegando, ma, que ninguém se iluda, a conta vai chegar e alta. O governo Temer e seus ministros, fazem é rir do povo.

temer-e-meireles

LULA PERDE EM 2ª INSTÂNCIA PROCESSO CONTRA O GLOBO

Em decisão unânime, o Tribunal de Justiça do Rio negou ontem o pedido de indenização por danos morais feito pelo ex-presidente Lula em processo movido contra os jornalistas do GLOBO. Na ação, Lula sustentava que repórteres do jornal tiveram a intenção de atacar a sua honra, ao publicar a reportagem “Youssef deu dinheiro à firma ligada à obra de prédio de Lula”, em agosto de 2015.
A matéria jornalística citava as investigações que ligavam a obra do edifício Solaris, no Guarujá (SP), onde Lula tem um apartamento, a condenados na Operação Lava-Jato. Lula já foi transformado em réu pelo juiz Sérgio Moro no processo sobre o tríplex do Guarujá.

lula em depressão

PSOL RECORRE AO SUPREMO PARA BARRAR MP DO ENSINO MÉDIO

O PSOL recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender a medida provisória (MP) que reestrutura o ensino médio, editada na semana passada.
Na ação, o partido alega que a medida é inconstitucional e que não há urgência legislativa que justifique o tratamento do assunto por meio de uma MP. O caso será relatado pelo ministro Edson Fachin.
Para o partido, as mudanças desrespeitam o acesso à educação e dificulta a redução das desigualdades, “promovendo verdadeiro retrocesso social”.

justica

NOVA PESQUISA IBOPE DA LUTA PELO RECIFE

Pesquisa Ibope divulgada hoje aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na disputa pela Prefeitura do Recife:
– Geraldo Julio (PSB) – 40%
– João Paulo (PT) – 26%
– Daniel Coelho (PSDB) – 17%
– Priscila Krause (DEM) – 3%
– Edilson Silva (PSOL) – 1%
– Carlos Augusto (PV) – 1%
– Branco/nulo – 8%
– Não sabe/não respondeu – 4%
Os candidatos Simone Fontana (PSTU) e Pantaleão (PCO) não atingiram 1% das intenções de voto.

A pesquisa foi encomendada pelo jornal Folha de Pernambuco e TV Globo. O Ibope ouviu 1.001 eleitores entre os dias 25 e 27 de setembro, no Recife. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral Pernambuco (TRE-PE) sob o protocolo PE-06206/2016.

candidatos-do-recife

TCU DEVE REPROVAR CONTAS DE 2015 DO GOVERNO DILMA

Prevista para a próxima semana, a apreciação pelo Tribunal de Contas da União das contas do governo Dilma Rousseff em 2015 deve resultar em nova reprovação. O ministro José Múcio Monteiro, relator do processo, decidiu pedir que o TCU rejeite as contas da presidente cassada, que teriam incorrido nas mesmas irregularidades que embasaram o processo de impeachment da petista no Senado – a edição de decretos de crédito suplementar em desacordo com a lei e as pedaladas fiscais com recursos do Plano Safra e do Banco do Brasil. Segundo informações a publicação, mesmo após avaliar a defesa de Dilma, a Secretaria de Macroavaliação Governamental do TCU manteve o entendimento de que a gestão da petista cometeu ao menos 15 irregularidades. Para o deputado federal Nilson Leitão, do PSDB de Mato Grosso, essa é mais uma prova de que o governo Dilma Rousseff executou manobras contábeis ilegais que justificam a perda do mandato.
dilma-senado

GREVE DOS BANCÁRIOS CONTINUA

A reunião da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) realizada ontem terminou sem acordo, e os bancários continuam a greve, que entrará no 24º dia hoje.
A greve dos bancários chegou ao 23º dia com 13.254 agências e 28 centros administrativos com atividades paralisadas nesta quarta. O número representa 57% das locais de trabalho em todo o Brasil.
A greve já é mais longa do que a realizada pelos bancários no ano passado, que durou 21 dias. Segundo a Contraf-CUT, a greve mais longa da categoria na história foi em 1951 e durou 69 dias. Nos últimos anos, a mais longa foi a de 2004, com 30 dias. Em comum é o fato de que todas elas quem se lasca é o povo.

bra

 

PROPAGANDA NO RÁDIO E NA TELEVISÃO SÓ É PERMITIDA ATÉ HOJE

Hoje termina a veiculação do horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão no primeiro turno da eleição municipal. A veiculação da propaganda nas duas mídias no segundo turno deverá ser retomada 48 horas após a proclamação do resultado oficial da eleição na primeira votação pela Justiça eleitoral.
E apesar de ser conhecido como horário eleitoral gratuito, o horário eleitoral possui um custo para ir ao ar, que é pago por contribuintes (o povo) e empresas de rádio e TV.
Por lei, as emissoras devem receber um abatimento fiscal equivalente a parte do valor que elas arrecadariam com a comercialização do espaço na grade cedido para as eleições. Segundo apuração da ONG Contas Abertas, a Receita Federal prevê uma isenção de R$ 576 milhões em impostos nessas eleições 2016. O valor equivale à contribuição de R$ 2,80 por cidadão, mas só deverá ser conhecido com exatidão no fim da disputa, quando seu cálculo final será realizado.

horario-eleitoral